Uma cerveja feita com água da chuva

EMPRESA E CIA

Postado dia 17 de Julho de 2017

Depois da Chuva é uma marca original de Belém, porque diariamente às 15 horas despenca uma chuva de águas limpissimas porque são filtradas pela ainda de pé floresta amazônica, e portanto ingrediente sem igual, para o milagre da transformação estimulada para criar a Cerveja Depois Da Chuva.
 
E toda essa ideia choveu e Depois Da Chuva fermentou e fermentada acabou acontecendo pela paixão pelas cervejas do químico industrial, especialista em engenharia de produção, gastrônomo, cervejeiro caseiro, sommelier de cerveja e de vinho, barista, mixologista e atualmente mestrando em engenharia de processos e biotecnologia o Israel Athaíde.
 
O sucesso da ideia é tanta que hoje a Cerveja Depois Da Chuva , muitas das vezes é consumida ,antes , durante e de modo correto adequado ao rótulo Depois Da Chuva.
O resultado? Uma Witbier temperada com a alma paraense!
 
Para se ter uma ideia do desafio da utilização da água da chuva na cerveja, Israel coletou em baldes de 60 litros, mais de 300 litros de água e do tratamento para a utilização na cerveja, restaram apenas 120 litros. Um desafio e tanto para o cervejeiro caseiro, afinal, quem faz cerveja sabe o quanto de trabalho já temos no decorrer do processo.
 
O proximo desafio do cervejeiro mestre é conquistar um investidor para ampliar a produção e o números de fãs e apreciadores de cervejas artesanais que cresce sem parar no Brasil,  porque cerveja e amigos é sempre um bom motivo para esperar bebendo, durante e  Depois da Chuva passar .
 
Agora, Israel está em busca de um investidor para que o projeto saia das panelas caseiras e a cerveja seja produzida em cervejaria. O Israel participa ainda do Grupo Confraria da Amazonia.


Fonte: Da redação (publicobrasil.com.br), com BiaBier.
Legenda:

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia