ANDRÉ AMARAL É A OPÇÃO DE MICHEL TEMER PARA MINISTRO DA CULTURA

POLÍTICA

Postado dia 17 de Julho de 2017

 
O presidente Michel Temer irá decidir, na próxima semana, a escolha do novo ministro da Cultura. O deputado federal André Amaral (PMDB-PB), ganhou respeito dentro do PMDB nacional e passou a ser o melhor nome para substituir o ministro interino da Cultura - João Batista de Andrade(PPS). 
 
A sua força política foi turbinada dentro do setor cultural, após encontro com o cineasta Bruno Barreto e alguns participantes do Fórum de Secretários de Estado e dirigentes de Cultura - onde conversaram sobre os principais desafios enfrentados pela produção audiovisual no Brasil. Cartas de instituições que trabalham com a cultura estão sendo encaminhadas ao presidente Michel Temer(PMDB), aprovando a indicação do jovem parlamentar para comandar o Ministério da Cultura (Minc).
 
Com mais de 30 anos de atuação na área cultural e também conhecimento sobre os problemas relacionados à políticas públicas em torno das regiões menos favorecidas no país, a Fundação Gilberto Freyre acredita que a nomeação de André Amaral Filho para a pasta da Cultura irá proporcionar a renovação de quadros, aumentar as ações em prol do rigoroso respeito à coisa pública e fomentar a produção cultural brasileira.
 
Na opinião de Sonia Freyre, presidente da Fundação Gilberto Freyre, o atual parlamentar André Amaral Filho (26 anos) tem “bravura, coragem e espírito cívico em um momento carente de lideranças e vontade de fazer o que precisa ser feito”, enfatiza o instituto em nota entregue a Temer.


Fonte: Da redação (publicobrasil.com.br), com Coluna Política(com.br)
Legenda:Coluna Política

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia