• Brasília, 22 de Junho de 2018

MUNDO

Brasil tem candidatos para eleição na Itália, Wambert Di Lorenzo grava vídeo em apoio

Porto Alegre(RS)Com o objetivo de incentivar a continuidade da representação brasileira nos parlamentos italianos, o vereador, de Porto Alegre, Wambert Gomes Di Lorenzo (PROS) divulgou um vídeo em suas redes sociais nesta semana enfatizando a importância da manutenção de figuras brasileiras no congresso da Itália.


Di Lorenzo, que também é presidente regional do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), pede que os cidadãos italianos e ítalo-brasileiros coloquem no congresso italiano representantes como Renata Bueno, que disputa uma vaga na Câmara e Fernando Trezza, que concorre a uma vaga ao senado. Estes dois detêm dupla cidadania, e assim, representam de maneira mais ampla os brasileiros na política italiana. 


Pelas redes sociais, o congressista brasileiro convida italianos e ítalo-brasileiros a preencherem as cédulas de votação. “Dia 04 de Março teremos as eleições na Itália. É importante que você preencha a cédula e devolva o quanto antes pelo correio. Vamos colocar ítalo-brasileiros no parlamento italiano. Vote para deputada Renata Bueno e para senador Fernando Trezza”, enaltece Di Lorenzo.


Na publicação o vereador ressalta que Renata Bueno fundou um movimento denominado “Passione Itália”. Este é considerado o primeiro movimento político feito por ítalo-brasileiros, segundo Di Lorenzo.

O vereador ainda enfatiza que se Renata Bueno e Fernando Trezza perderem, não haverá representantes brasileiros no congresso italiano.

  

Sobre: Wambert Gomes Di Lorenzo

 
Wambert Gomes Di Lorenzo tem 44 anos, foi candidato a Prefeito de Porto Alegre em 2012. É advogado, membro do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB, foi professor de Ética Ambiental no Programa de Pós-Graduação em Direito da UCS e é professor licenciado de Filosofia do Direito, Ciência Política e Direito Constitucional na Faculdade de Direito da PUCRS. Doutor em Filosofia do Direito e Mestre em Direito do Estado e Teoria do Direito. É também professor convidado da Pontifícia Universidade Católica Argentina Santa Maria de Los Buenos Aires para a Cátedra Internacional Ley Natural y Persona Humana.
 
Foi Membro do Conselho Estadual de Educação do Rio Grande do Sul e Presidente da Fundação de Desenvolvimento e Recursos Humanos do Estado do Rio Grande do Sul.
 
É também Conselheiro da Cruz Vermelha do Rio Grande do Sul, Presidente do Instituto Jacques Maritain do Rio Grande do sul e Vice-Presidente do Instituto Jacques Maritain do Brasil.
 
Tem livros publicados, alguns no prelo, vários organizados, vários artigos e mais uma centena de conferências proferidas no Brasil e no Exterior. Participa também de várias instituições científicas, cívicas, culturais e humanitárias.