• Brasília, 17 de Julho de 2018

Educação

Audiência Pública debate diretrizes curriculares dos cursos de Direito

 Na próxima segunda-feira (02), o Conselho Nacional de Educação (CNE) irá promover uma Audiência Pública para avaliar as Diretrizes Curriculares de Direito e discutir mudanças na matriz curricular destes cursos para torná-los contemporâneos e em concordância com as mudanças tecnológicas e da sociedade.

 
A temática está sendo colocada em discussão pela Comissão da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, responsável por tratar sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais. O relator da análise é o professor Antônio Freitas, que acredita ser válida a discussão, uma vez que a sociedade está passando por uma série de transformações, sejam elas tecnológicas ou sociais. 
 
“É preciso que todos os entes envolvidos participem ativamente deste debate, visando dar transparência ao processo de construção democrática de normas que afetarão alunos de direito das mais de 700 faculdades do país”, afirma Freitas.
 
O relator explica que o debate terá a possibilidade de contemplar uma base nacional comum conceitual da área do Direito, contendo uma base diversificada, em atenção às especificidades locais e regionais dos cursos de Direito, e outra base estruturante do currículo, em atenção às demandas da contemporaneidade como a inovação, a tecnologia, o empreendedorismo, a internacionalização, a interdisciplinaridade, as novas metodologias de ensino e de aprendizagem e a comunicação com a sociedade. 
 
“É preciso respeitar as diferenças regionais. Não necessariamente um curso em Belém terá que ser uma cópia do curso de uma universidade paulista, bem como respeitar as diferentes missões das instituições, mesmo que no mesmo município”, explicou o relator do caso.
 
O evento acontece no Edifício Sede do Conselho Nacional de Educação, localizado no seguinte endereço: SGAS II St. de Grandes Áreas Sul 607, em Brasília. O debate será das 14h às 18h.