GERAL

GDF limita acesso da comunidade à Biblioteca Pública no Paranoá

 A administração, responsável pela manutenção da Biblioteca que atende a população do Paranoá, fez alterações no funcionamento do espaço que atende em média cem pessoas diariamente. O espaço onde servia de acesso a leituras e aprendizado mudou de local e limitou o acesso sem aviso prévio.
 
A Biblioteca Pública funcionava junto a sede número 02 da Administração Regional do Paranoá de maneira provisória, enquanto o espaço real da biblioteca estava em manutenção. Mas, devido a uma reestruturação para atender demandas do Setor Habitacional Paranoá Parque, o Governo do Distrito Federal desativou o funcionamento da biblioteca para ativar uma Unidade Básica de Saúde para atender a população do Paranoá Parque. O problema, segundo moradores, é a falta de informação sobre quando a comunidade terá novamente a Biblioteca Pública.
 
O estudante Cauã Kevin, 13 anos, disse que utiliza o espaço pelo menos uma vez por semana. Para ele, agora fica difícil ir fazer pesquisas escolares na biblioteca pelo fato de não saber onde está localizada. “Está difícil para fazer meus trabalhos da escola. Na biblioteca da cidade tinha mais variedades de livros e tornava mais fácil entender sobre diversos assuntos. Hoje eu não sei onde está funcionando”, disse o estudante.
 
Procurada pela reportagem, a Administração Regional do Paranoá (RA VII) reconheceu que houve um erro no diálogo, mas a biblioteca está em funcionamento dentro de uma unidade escolar, o Centro de Ensino Darcy Ribeiro. A escola fica distante cerca de 2,5 km do espaço da biblioteca. 
 
“A nossa comunicação falhou, pois, a informação para a comunidade não foi feita com antecedência. Porém, tentamos reparar o nosso erro recebendo alguns estudantes e conversamos sobre o funcionamento do espaço na Escola Darcy Ribeiro”, disse Eduardo Rodrigues, administrador do Paranoá.
 
Durante entrevista, o executivo local falou sobre prazos para a biblioteca voltar a funcionar. “É uma reforma relativamente pequena, mas é preciso concluir o projeto básico. Cerca de noventa dias para a biblioteca voltar a funcionar normalmente”, avaliou Eduardo Rodrigues. 
 
Para ter acesso à Biblioteca da Escola Darcy Ribeiro na condição de comunidade do Paranoá é necessário ter em mãos um formulário emitido pela própria RA. Alguns dias após a entrevista a nossa equipe foi a procura de um formulário, mas não tivemos acesso ao documento que segundo o administrador, “está disponível para quem quiser utilizar os espaços da Biblioteca Pública”.