POLÍTICA

PSL elege identificação única, imposto único e radioisótopos como prioridades para 2022

Três proposições em análise na Câmara dos Deputados são essenciais para o PSL em 2022, segundo o vice-líder do partido, deputado General Peternelli (SP). São elas: a que torna o CPF o único número de identificação geral no País (PL 1422/19); a de um imposto único sobre movimentação financeira; e a Proposta de Emenda à Constituição dos radioisótopos (PEC 517/10).
 
No caso do imposto único, o parlamentar ressalta que sua aprovação permitirá a substituição de mais de 12 impostos. “Isso vai simplificar extraordinariamente. Vai combater a sonegação, combater a corrupção, cobrar dos mais ricos e não cobrar dos mais pobres”, lista Peternelli.
 
Radioisótopos
 
Em relação à proposta de emenda à Constituição que permite a produção privada de radioisótopos, o vice-líder afirma que ela vai ampliar o fornecimento de medicamentos para a medicina nuclear, aumentando o acesso para todo cidadão brasileiro.
 
General Peternelli foi relator da matéria na comissão especial que a analisou e aprovou no fim de 2021. O texto aguarda análise do Plenário da Câmara.
 
Radioisótopos ou radiofármacos são substâncias que emitem radiação usadas no diagnóstico e no tratamento de diversas doenças, principalmente o câncer.
 
O parlamentar do PSL destaca ainda como pautas importantes o marco do setor elétrico e a regularização fundiária.