ECONOMIA

Posicionamento da Associação AIs Livres sobre decisão do CMN de permitir Assessores de Investimentos (AIs) terem sócios não AIs

 O porta-voz da Associação dos Assessores de Investimento (AIs Livres), Alfredo Sequeira Filho, divulgou nota oficial da instituição sobre a decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN) de permitir Assessores de Investimentos (AIs) a terem sócios não AIs. 

 

Confira abaixo a nota oficial na íntegra:

 

“O AIs Livres acredita ser muito positivo o CMN permitir as Empresas de Assessores de Investimentos (AIs) terem sócios não AIs, já que isto:

 

1- Corrige mais um equívoco cometido pela Comissao de Valores Mobiliários em 2012 quando, além de proibir AIs de terem sócios não AIs, a autarquia também instituiu a exclusividade na distribuição de valores mobiliários

e

2- Permite sucessão, segurança jurídica e investimentos de terceiros em nossas empresas de AIs, trazendo mais segurança jurídica.

Porém, tememos enormemente pela regulamentação desta medida se ela for feita conforme indicado pela consulta pública número 5 de 2021 da CVM  , que nos artigos 4, 5, 33, 34, 35, 36 e 37 deixou claro que só permitirá esta sociedade empresária para AIs que tiverem diretores de compliance e normas internas, o que só é possível para empresas de AIs com mais de 50 sócios, que por sua vez representam menos de 5% das empresas de AIs.

Mais uma vez a CVM, como fez em 2012 ajudando a elevar de 12,5% para 85% a participação da corretora líder de mercado do mercado de AIs, pode agora atuar para estimular a concentração dos escritórios de AIs.”